quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Filme - A verdade nua e crua [Blu-Ray]




Sinopse: Abby Richter (Katherine Heigl) é produtora de um programa de TV matinal que sempre teve problemas quando o assunto é sobre sua vida romântica. Para mudar a situação, ela envolve-se numa série de jogos com Mike Alexander (Gerard Butler), que tenta provar suas teorias sobre relacionamentos, além de ajudá-la a encontrar um amor.

Crítica: Minha esposa adora filmes do gênero comédia romântica, porém como já assistimos quase todos que vocês possam imaginar, acabamos ficando sem opção. Ontem foi um caso a típico, pois resolvi alugar este filme mesmo sabendo que ele tinha sido muito criticado nos principais sites de cinema. Corri o risco e me dei mal. O filme é uma verdadeira bomba.

Começando pelo enredo batido e cheio de clichês. Na trama, Gerard Butler vive um apresentador de um programa onde ele dá dicas e conselhos às mulheres sobre o comportamento dos homens. O cara é extremamente arrogante, machista e vulgar, porém consegue conquistar diversas mulheres, inclusive a "mocinha" do filme, que na verdade parece mais uma adolescente na puberdade do que uma mulher de 30 anos. O papel do par romântico fica por conta da péssima Nicole Eastman. Limitada a fazer este tipo de papel, a atriz acaba se saindo pessimamente mal neste filme por não ter nenhum timing cômico. Acredite, ela não dá uma bola dentro. Nicole vive a produtora do programa do personagem de Butler e nem preciso dizer que, mesmo ela odiando o cara no início, no final ambos vão acabar juntos e apaixonados, deixando a raiva dos seus corações para embarcar nesta nova aventura (Argh!!!).

Mas o que mais me irritou neste filme é o excesso de gestos e diálogos obscenos. Parece que o roteirista do filme escreveu a história logo após assistir a um filme pornô, pois todos os personagens do filme só falam e pensam em sexo. OK, sei que isso é extremamente normal e que todos adoram falar e pensar no assunto (Principalmente os homens), mas o cara exagerou. E pior, até mesmo as mulheres são tratadas como objetos e com uma vulgaridade lamentável.

Eu até gostaria de pensar em alguma coisa na qual pudesse elogiar o filme, mas não dá! Não gostei e estou aqui escrevendo esta crítica para aconselhá-lo a não perder o seu tempo com ele!

Nota: 3

Comentários sobre a versão em Blu-Ray:

Tecnicamente falando, a Sony Pictures está dando um banho nas demais empresas em termos de qualidade dos seus filmes em Blu-Ray. Neste Blu-Ray você encontrará diversos extras, imagem excelente, som em DTS-HD em todos os idiomas (Inclusive Português), BD Live com diversos extras exclusivos e os diferencias dos discos da Sony Pictures, o Live Chat e o Movie ICQ. O Live Chat nada mais é do que um Chat onde você pode conversar com pessoas do mundo inteiro durante a projeção do filme, discutindo sobre as cenas e interagindo com as pessoas em demais assuntos. Já o Movie ICQ você assiste o filme com esta funcionalidade e frequentemente um LINK irá aparecer na tela onde ao selecioná-lo você exibirá informações exclusivas e curiosidades daquela cena específica.

Nota: 8,5

3 comentários:

gugacorrrea disse...

Fala Sam, eu não achei o filme TÃO ruim assim. É mais do mesmo e ponto. Mas daria uma nota 50/100 para ele, para assistir com a namorada/esposa esta bom. rsrsrs

Abraço

Comentário sobre outros filmes que assisti graças ao "Rotina do Sam":

"O menino do pijama listrado", que FILMAÇO, nunca alugaria esse filme se não fosse pela critica aqui do blog e que filme emocionando. Achei excelente. Nota: 90/100

"Quem quer ser um milionário", ouvi muita gente falando bem desse filme, ganhou o oscar e tudo mais. Porém, achei muito chato. E minha tese de que, filme que ganha oscar nem sempre são os melhores foi confirmada. Mas claro essa é a minha opinião. Nota: 70/100

maciotas (Sam) disse...

Fala Guga,

Eu detestei! Me senti constrangido diversas vezes e por vários motivos durante o filme.

Primeiro pelas piadas extremamente maldosas e de mal gosto. Só putaria pra falar a verdade.

Segundo pela atuação ridícula da Sra. Eastman. Timing cômico péssimo e química zero com o Sr. Butler.

Massss, que bom que você conseguiu ver alguma coisa de bom neste filme.

Quanto ao Menino do Pijama listrado, este filme possui um dos finais mais surpreendentes que eu já vi. É aquele tipo de final amargo que faz com que você fique refletindo por horas e horas. Pena que a interpretação do ator mirim que faz o papel principal do filme é extremamente ruim (O Gurí é muito limitado), mas o filme compensa isso e se não fosse alguns probleminhas, certamente teria se saído melhor nos festivais pelo mundo afora.

E o Quem quer ser um milionário, é como você disse, muitos filmes vencedores de Oscar são indigestos, e este é um desses. Mas eu até gostei do filme, apesar de achar um prêmio de Melhor Filme extreamente exagerado!

Abraço.

felipedelima19 disse...

Ah cara, acho que voce exigiu demais desse filme. Esse é o tipo de filme que você desliga o cérebro por 2 horas. A atuação do "Leônidas" é perfeita dentro do contexto da história. Nota 4/10.